O primeiro Natal Luz de Gramado


2 min de leitura
21 Nov
21Nov

Se a prefeitura de seu município lançasse um projeto de Natal em que moradores e empresários locais tivessem de comprar enfeites natalinos para ajudar na decoração da cidade, você participaria? Essa proposta pode parecer estranha para os dias atuais, mas, em 1986, foi o que os gramadenses fizeram para que a história do Natal Luz  pudesse começar a ser escrita.  


A partir da percepção de que Gramado não tinha grandes movimentos econômicos e turísticos durante o verão, já que o  principal atrativo da cidade eram as baixas temperaturas, integrantes da família Hoppner, que eram donos de um hotel no município, levaram ao então secretário de Turismo, Luciano Peccin, filmagens de uma festa em uma cidade alemã. Foi com base nesse arquivo pessoal que a prefeitura começou a montar o projeto do primeiro Natal Luz.  

Sem tecnologia ou recursos para alavancar a estreia do evento, a Secretaria de Turismo decidiu pedir ajuda à população. Durante as tratativas, ficou decidido que os gramadenses comprariam pedaços de madeira com suportes de lâmpadas incandescente para que fossem instalados em suas casas e/ou estabelecimentos comerciais.  

Em documento, a prefeitura determinou que a instalação fosse feita por técnicos contratados pelo órgão público, no local onde estes determinassem, mediante pagamento de 110 cruzados pelo metro linear da madeira. Além disso, havia a possibilidade de o cidadão comprar uma caixa de som, ao custo de 4 mil cruzados, para reproduzir músicas natalinas em horários preestabelecidos pela prefeitura. 


Com todas as instalações feitas, o evento poderia, então, ocorrer. A data programada era 20 de dezembro de 1986, porém, em razão do mau tempo, foi transferida para o dia 26 do mesmo mês. Nesse dia, mais de 700 cantores de corais de todo o Estado, acompanhados de 20 Papais Noéis, saíram das redondezas do Lago Joaquina Rita Bier em direção à Paróquia São Pedro caminhando e entoando cânticos natalinos. Em frente à paróquia, os músicos da Orquestra Sinfônica de Porto Alegre (Ospa) já estavam organizados para realizar um grande concerto junto aos cantores. O espetáculo foi regido por Eleazar de Carvalho e reuniu mais de 5 mil pessoas.

Diferentemente da primeira edição, hoje o Natal Luz de Gramado é realizado durante três meses. Neste ano, o evento teve de se adaptar à pandemia.

Para evitar aglomerações, espetáculos que ocorrem anualmente precisaram ser cancelados. Porém, engana-se quem pensa que Gramado deixou de lado a magia do Natal. Quem for visitar a cidade ainda verá nas ruas as famosas guirlandas, renas, bolas natalinas e soldadinhos quebra-nozes. 

Fonte: Gauchazh/clicrbs

Colaboração de Giordana Cunha


Crédito imagem: Tude Munhoz / Agencia RBS  

Imagem Card: Jornal Correio


Ouça a Rádio mais Alemão do Brasil - Música e alegria 24 horas por dia!

Já conhece a Loja Germânica?

Viste a nossa loja aqui...

#musicaalema #radioalemaonline #radiodeblumenau #natalluz #gramado

Comentários
* O e-mail não será publicado no site.