O que é e quem deve fazer o Integrationskurs?


3 min de leitura
12 Apr
12Apr

Como o nome indica, Integrationskurs é um curso que tem como objetivo integrar os recém-chegados na Alemanha à cultura e ao idioma do país. Basicamente, é “obrigatório” para os que são convocados pelo governo para participar das aulas, ou seja, qualquer pessoa que tenha desembarcado no país para estudar, trabalhar ou para viver com a família. Logo de início, é uma excelente forma de melhorar seu alemão e a interação com outros, já que todos os alunos são estrangeiros também. Afinal, você vai passar um tempo com eles aprendendo um pouco sobre a cultura, a história, as leis e o cotidiano dos alemães. De fato, tudo isso pode parecer desnecessário, mas não é. Na verdade, fazer o Integrationskurs na Alemanha é um benefício e um investimento em vocêTrabalhar, estudar ou realizar as tarefas do cotidiano exige que você entenda as convenções sociais e pelo menos o básico do idioma alemão. 

Qual a duração e o conteúdo do Integrationskurs?

Na verdade, isso varia de acordo com a instituição provedora do curso. Afinal, ele pode variar de 600 a 1.000 horas de duração. Mas, também é possível cursar o intensivo, com carga horária de cerca de 450 horas. Porém, isso só vai acontecer se seu caso for analisado pelo Departamento de Estrangeiro e ele decidir que você se encaixa no perfil. Nesse caso, ter outros idiomas no currículo pode ajudar. Paralelamente, o conteúdo do curso de integração na Alemanha visa dois campos específicos:

  • O idioma alemão, priorizando o que você vai precisar para cumprir com as atividades cotidianas de trabalho, compras, atendimento médico etc.
  • Orientação, abordando temas como as leis do país, valores culturais e históricos, convivência etc. De fato, essa é parte final do curso e tem duração média de 100 horas no curso regular e cerca de 30 horas no curso intensivo.

É obrigatório fazer o Integrationskurs?

Se você chegou à Alemanha para viver com a família, se for refugiado, se decidiu estudar no país ou se foi contratado por uma empresa estrangeira para trabalhar na Alemanha, sim, você precisa se matricular em um curso de integração. No entanto, existe um tipo de teste de nivelamento que mede seu conhecimento da língua e da cultura alemã. Dessa forma, como foi dito, se seus resultados forem bons, revelando que você tem um bom domínio sobre todos os assuntos pertinentes ao curso, você pode ser liberado das aulas. Porém, isso só vale para profissionais contratados por empresas estrangeiras para trabalhar no país. Logo, imigrantes e refugiados, precisam mesmo cumprir a carga horária determinada para o curso. Entretanto, se você tiver nacionalidade de algum país membro da União Europeia, está isento dessa obrigação, mesmo não sabendo nada sobre o país ou sobre o idioma.

Como se matricular em um Integrationskurs na Alemanha?

Inicialmente, para ser considerado apto para se matricular em qualquer tipo de curso de integração na Alemanha existem algumas regras. Por exemplo, se você não é natural de algum país da União Europeia, é preciso se dirigir a um Escritório de Registro de Estrangeiros mais próximo de onde você mora e conseguir um certificado (Berechtigungsschein). Dessa forma, você terá permissão para se matricular em um dos cursos de integração. Por outro lado, cidadãos de países membros da UE, apesar de não serem obrigados a cursar o Integrationskurs, podem recorrer ao Escritório Federal para Migração e Refugiados na Alemanha, caso queiram se matricular em um curso. Em seguida, você deve pesquisar por um Kurstraeger (provedor do curso) perto de você. Ou seja, um local onde o curso de integração na Alemanha é ministrado, que pode ser encontrado nas informações disponibilizadas pelo site do Escritório Federal para Migração e Refugiados. Por fim, uma vez encontrado um local perto de você, entre em contato por telefone, envie um e-mail ou vá pessoalmente ao local. A seguir, você será encaminhado por eles para o curso de integração na Alemanha onde você se encaixa melhor. De fato, existem cursos de orientação pensados para atender as necessidades de grupos específicos. Por exemplo, para jovens, mulheres, pais ou imigrantes que precisam ser apresentados à alfabetização em alemão. Além disso, é lá também que você terá acesso às informações sobre carga horária, programa das aulas os custos do curso.

Quanto custa fazer um curso de integração na Alemanha?

Normalmente, uma aula custa cerca de 1,95€. Logo, o preço de um curso de integração pode variar entre 1.365€ até 1.950€. Mas, esse valor deve ser pago em parcelas e antecipadamente, a cada 100 aulas. No entanto, para aqueles que são obrigados a cursar o Integrationskurs, é possível solicitar alguns benefícios, como uma ajuda para o transporte. Assim, se o local estiver a mais de 3km de sua residência, você pode pedir ao Escritório Federal de Migração e Refugiados, antes do curso começar.

Como são os testes no Integrationskurs?

Por fim, após a conclusão do curso de integração na Alemanha, você deve passar por dois testes. Primeiramente, a Deutsch-Test für Zuwanderer, um teste de alemão para imigrantes. Em seguida, a Leben in Deutschland, sobre o curso de orientação e a vida cotidiana na Alemanha. No entanto, se você não for aprovado, não se desespere. Afinal, poderá solicitar outro teste depois de assistir a mais 300 aulas. Basicamente, o Intergrationskurs deve ser feito por qualquer pessoa que passe a viver na Alemanha. Para mais informações sobre isenção, gratuidade e como proceder caso precise parar o curso de integração, consulte o site oficial do BAMF.

Comentários
* O e-mail não será publicado no site.